Arquivo | Estilo RSS feed for this section

Sorteio # 1

20 Abr

Depois de um tempo sem postar, decidi que você merecem um presente!

Nesse caso, já que a ausência foi grande, serão 3 presentes que a Safh deu pra gente!

Se quiserem mais detalhes dos produtos: Site da Safh. FunPage da Safh

É o seguinte, pra participar do sorteio, basta deixar um comentário nesse post e curtir nossa funpage!
Importante dizer que: 

– Deixe o e-mail verdadeiro, que você abre sempre;

– Se depois de 48h a vencedora não se manifestar, vou sortear de novo. Quem se manifestar primeiro, escolhe qual presente quer, ok?

-Só vale participar gente com endereço no Brasil. 

Obrigada Safh!!!!
______________________________________________________________________

Agora, aos esclarecimentos, esse sorteio não é jabá! Eu entrei no site da marca, gostei de algumas coisas, e pedi pra fazer um sorteio, é uma forma de divulgar a marca, presentear as leitoras e animar o blog. E pra deixar mais claro ainda, eu não ganho nada o sorteio, ok?_______________________________________________________________________

Beijos e boa sorte!!!

Voltou…mas mudou de nome!

16 Mar

Estampa de bolinhas, virou poá; e de florzinha agora é liberty!

 

Boca de sino, agrora é flare; e comprimento longueti, virou midi!

 

O que era sapatilha (que nunca saiu de moda, pelo menos não da minha moda!) agora é flat; e o quase esquecido mocassim, voltou com tudo, mas agora chama loafer.

 

 

Alguem lembra de mais alguma tendencia que voltou com outro nome?
Bjobjo

Music + Indicações

13 Mar

E ai? Tudo bem?

Hoje eu estou motivacional…fiz uma seleção de 4 musiquinhas pra gente ouvir naquele dia meio down!

Jessie J – Who’s laughing now?

Natasha Bedingfield – Unwritten

Lady Gaga – Born this way

Pink – Fuking perfect

Além disso, resolvi indicar 3 blogs muito bacaninhas, cada um com a sua motivação!

Pensando Magro – é o diário de Camys que está vencendo a luta contra o peso.

Um ano sem Zara – é o diário da Jojo, ela passou um ano sem comprar e guardou uma grana, agora ela ta ryca (!) de experiências pra fazer agente se dar virar com o guarda-roupa que tem

Entre topetes e vinis – é o blog da Ju Romano, uma gordinha, estilosa e feliz!

 

E ai, gostaram?

Bjobjo

Um panamá pra chamar de meu!

7 Mar

Fazia tempo que eu estava namorando um panamá, mas encarar R$ 120,00 por um chapéu é demais pra mim!
hahahahaha
Então, feita uma pesquisa de preço, adqueri o meu, em uma loja de acessórios chamada A Senhorita, que fica na Galeria Soho, em frente ao Mackenzie! Paguei R$60,00 e achei a qualidade dele muito legal! Tem por R$10,00 na 25, mas não é tão bem feitinho.

Feito isso, não sabia como usar o bendito! Sou rídicula, ne? Então, lá fui eu, em busca de referência e vim dividir com vocês!

Todos os looks são bem leves e só esse último não é muito verão!

Agora todo mundo pode usar Panamá sem medo de ser feliz!

Bjobjo

Queria estar assim…

7 Mar

Chique e simples, é possível?

Post de hoje, sobre tattos!

5 Jul

A palavra tatuagem surgiu na Polinésia e significa marcar alguma coisa.

No Ocidente há indícios de que a tatuagem começou no século XVIII.

Nessa época alguns amadores já estariam a bordo dos navios e em grandes portos.

Na segunda metade do século XIX, as tatuagens viraram moda entre a realeza européia. No final do século XIX, a febre da tatuagem espalhou-se na Inglaterra como em nenhum outro país da Europa. Graças à prática dos marinheiros ingleses em tatuarem-se. E mesmo com a realeza tendo sido tatuada, a maioria das pessoas insistia em associar o ato de tatuar com uma propensão à criminalidade e marginalidade. Outros interpretavam a penetração da carne como uma tendência à homossexualidade.

A partir de 1920 a tatuagem foi ficando mais comercial, tornando-se mais popular entre americanos e europeus. Surgindo uma gama de tatuadores que eram artisticamente ambiciosos. Durante muito tempo, a tatuagem esteve associada a aos pobres, militares, marinheiros, prostitutas e criminosos.

A tatuagem elétrica chegou ao Brasil em junho de 1959, através do dinamarquês “Knud Harld Likke Gregersen”, que ficou conhecido como “Lucky Tattoo”. Knud dizia que suas tatuagens davam sorte, e em menos de seis meses, Lucky já era notícia de TV.

A popularização da tatuagem começou nos anos 70, quando a Califórnia foi o berço dos desenhos que reproduziram imagens de Marilyn Monroe, James Dean e Jimmy Hendrix. Nessa mesma época, os surfistas lançaram a moda de braços decorados com dragões e serpentes.

Na década de 80, foi a vez dos tigres e das águias.

Hoje em dia, é difícil encontrar alguém que não tenha ao menos pensado em fazer uma tatuagem.

Fiz uma montagem de tattoos que eu faria.

http://toptattoogirls.wordpress.com

Encontrei um blog super legal de tattoos somente de meninas.

 

Até mais gente,

Beijos.